Apresentação das novas colheitas da Adega do Monte Branco

No passado dia 18 no Charafiz do Vinho, Lisboa, estivemos na apresentação das novas colheitas da Adega do Monte Branco, mais conhecida pelos vinhos Alento. A ocasião serviu para apresentam ao mercado as três novas colheitas dos seus vinhos topo de gama: Monte Branco 2011, Alento Reserva Tinto 2012 e Alento Reserva Branco 2013. Estiveram também à prova os vinhos Alento colheita branco, tinto e rosé 2013.
 
A Adega do Monte Branco, Estremoz (Alentejo), é um projeto de Luís Louro e conta já com cerca de 8 anos de existência. Os vinhos são produzidos a partir das castas Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Merlot, Syrah nos tintos, e Roupeiro, Arinto e Antão Vaz nas castas brancas.
 
Nas palavras de Luís Louro estas novas colheitas confirmam a consistência de qualidade e o carácter dos vinhos da Adega do Monte Branco. São vinhos encorpados, com boa fruta, que se destacam por uma invulgar frescura, que lhes dá um carácter mais fresco e gastronómico. Por isso, acredito que mais uma vez o consumidor continuará a confiar na qualidade dos nossos vinhos”.
 
De facto, e provando toda a gama, a frescura é nota dominante. São vinhos que apelam a uma gama alargada de consumidores e podem ser consumidos jovens, com exceção do topo de gama Monte Branco Tinto. Os Alento colheita tinto, branco e rosé tem um PVP abaixo dos 5 euros, o que a meu ver se justifica plenamente dada a qualidade dos vinhos. No caso dos Alento Reserva andam na casa dos 10-12 euros (Tinto cerca de 12€ e o Branco cerca de 9,5€) também estes com preços bastante aceitáveis para a qualidade que apresentam. Já o Monte Branco é outra história, ronda os 38€, e é um vinho mais sério, feito a partir de Aragonez e Alicante, que ainda precisa do seu tempo para mostrar toda a sua força, mas sem dúvida um grande tinto do Alentejo e que é a estrela do vinhos da Adega do Monte Branco.



Sem comentários:

Enviar um comentário

UA-64594990-1