Quinta da Invejosa Reserva 2009 (Tinto)

Conforme podemos ler no site do produtor Filipe Palhoça, "trata-se de uma empresa familiar ligada há mais de 30 anos à viticultura e produção de vinhos (...) nova adega em 1984, na Quinta da Invejosa, freguesia Poceirão". Falamos de cerca de 80 hectares de vinhas, que dão origem a cerca de 800.000 litros de vinho por ano, a maior parte do qual dirigido para Bag in Box (BIB), segundo a Revista de Vinhos (N.º 292, Março de 2014).

Já há algum tempo que sigo este produtor, desde uma pequena prova cega nas Vindimas de Palmela com vinhos DOC Palmela (pelo menos 85% do lote composto por Castelão), que já terá ocorrido há uns bons três ou quatro anos... Nesta prova (de seis referências), o vinho de que mais gostei foi precisamente um Quinta da Invejosa Reserva, eventualmente da colheita de 2007, mas de facto não consigo precisar...

A verdade é que desde então, dos diversos vinhos que provei, essencialmente nas diversas Feiras do Pão, do Queijo e do Vinho (evento anual na Quinta do Anjo), não me entusiasmaram, e por isso este produtor não se cotava entre as minhas preferências para a região da Península de Setúbal.

A recente prova de diversos vinhos efectuada pela Revista de Vinhos na região, algumas das pontuações atribuídas e essencialmente os rasgados elogios de João Afonsome aguçaram o apetite para alguns néctares que pouco comunicavam com a minha curiosidade enófila. Este era um deles, e agradeço desde já ao meu amigo Jerónimo a aquisição desta garrafa precisamente na última edição (20.ª) do Festival Pão, Queijo e Vinho, que se realizou entre 4 e 6 de Abril.

A prova foi uma bela surpresa, e superou as minhas expectativas. Aqui vos deixo também as minhas principais notas, na esperança de que vos aguce igualmente o apetite, e vos convença a experimentarem esta referência que dá de facto, muito prazer à mesa.

O Castelão vive, e de boa saúde. Saudações enófilas!!

Fruta preta madura exuberante no nariz, amoras, mirtilos, leve nota vegetal na base, especiarias e ainda o tostado da barrica, muito sedutor e atraente. O corpo é de médio porte, estruturado, taninos afinados, agradável na boca com final de bom comprimento, sempre focado na fruta madura, persistente, personalizado, muito interessante!
 
 


Preço Recomendado: 6,00 € (Filipe Palhoça)

Sem comentários:

Enviar um comentário

UA-64594990-1