Caves da Encosta 2011

Se não soubesse que na prática este Caves da Encosta tem um "estatuto" equivalente a um Vértice Reserva, e se não tivesse já tido o prazer de recentemente, e por duas ocasiões, beber um Vértice Grande Reserva 2011, não teria com certeza levado esta garrafa para casa. À partida um vinho na gama dos 8€ com uma imagem não muito apelativa, que não se apresenta nem como Reserva, Colheita Especial ou outra denominação e sem histórico nenhum, passaria-me completamente ao lado.

Valeu a pena dar um oportunidade a este "espécime". É um vinho guloso e bastante elegante, com um perfil tipicamente do Douro. Apesar de ser uma colheita de 2011, os 48 meses de estágio em barrica, conferem-lhe ainda longevidade em garrafa. Um vinho com o selo de qualidade das Caves Transmontanas que produzem os vinhos Vértice, merecia uma atenção mais cuidada. Recomenda-se.


Produtor: Vértice (Caves Transmontanas)
Castas: n.e.
Região: Douro
Preço: 8€ (Garrafeira Estado D'Alma)

2 comentários:

  1. Olá boa noite, tive o prazer de experimentar este Caves da Encosta e comentei precisamente o mesmo, um tinto com corpo, com uma madeira de boca, mas achei a aparência muito aquém do que este vinho vale. Cumprimentos Ricardo Mendes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Ricardo.

      Antes de mais obrigado pelo comentário. É pena que um vinho com esta qualidade, e ainda com tempo em garrafa para afinar, não tenha uma imagem a condizer. Soube que felizmente estão a tratar na imagem e em breve deverá sair como Vértice Reserva, juntamente com uma nova colheita. Esperar para ver. Recomendo que caso ainda não tenha experimentado, prove o Vertice Grande Reserva, quer o branco quer o tinto
      Cumprimentps

      Eliminar

UA-64594990-1