Pedra Basta 2008 Tinto

Cor granada-escura. Bouquet atraente e complexo no nariz, com a fruta preta como amora, cereja ou ameixa em evidência, sugestões tostadas e chocolate preto. Boca com perfil guloso, encorpado quanto baste, taninos finos e bela acidez a dar muita frescura. Final de bom comprimento envolto em nuances especiadas. Um vinho que dá muito prazer a beber agora e que poderá evoluir ainda um pouco mais em cave.
 
Este é um vinho que resulta da parceria entre Rui Reguinga e o jornalista / crítico inglês Richard Mayson, autor por exemplo do livro "O Porto e o Douro", que aconselho vivamente a todos os que procuram uma leitura para aprofundar o conhecimento sobre o Vinho do Porto e a sua história. É vinificado na Quinta do Centro, situada nas encostas da Serra de S. Mamede, local onde se produzem dos mais marcantes e elegantes vinhos de toda a paisagem alentejana. Rui Reguinga é um dos mais interessantes enólogos portugueses, e sigo sempre que possível o trabalho que desenvolve na Quinta do Quetzal, Herdade do Paço do Conde, ou com os "seus" vinhos Terrenus e Tributo (o melhor vinho da região Ribatejana que provei até hoje, nas diversas colheitas). Este Pedra Basta 2008 Tinto apareceu este ano na Selecção de Vinho e Sabores 2012 do Pingo Doce (8,99 €) e prendeu-me desde logo a atenção pelas suas origens... Por outro lado não é uma referência fácil de encontrar, pelo que foi uma das escolhas para fazer parte (por pouco tempo como de costume) da garrafeira lá em casa. Revelou-se uma escolha acertada, pois Rui Reguinga é um dos nomes que mais garantias oferece na enologia nacional. Parabéns por mais este trabalho, um vinho a seguir em próximas colheitas.
 
 
Produtor: Sonho Lusitano Vinhos
Castas: Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon
Região: Alentejo
Enólogo: Rui Reguinga
Preço Recomendado: 13,30 € (http://www.coisasdoarcodovinho.pt/)

1 comentário:

UA-64594990-1